help:mentorweb:geradorinterface:sql

Voltar para a página Gerador de interface
Voltar para página Consultas predefinidas

Criar consulta predefinidas com SQL

No topo da tela deve ser definido os seguintes campos:


Código: Código de identificação da consulta.
Descrição: A descrição que será apresentada na opção “Tipo de entrada de dados” ao adicionar um campo ou filtro na interface.


Campos que utilizam a consulta: Adicionar os campos que vão poder utilizar a consulta.
Exemplo: Adicionar o PES_ID, quando utilizar o campo ID da tabela de pessoa será possível utilizar a consulta.

Expressão lookup: Quando um campo ou filtro utilizar uma consulta predefinida, ao utilizar o campo na interface, será exibido os valores lookup como opção.
Os campos adicionados na expressão lookup devem estar sendo retornados em uma query cadastrada.
Ao clicar no lápis azul ao lado do título do campo, é aberta uma popup com todos campos que podem ser usados.
É recomendando preencher este campos depois de montar a query sql.


Ordem: Quando o campo utiliza mais de uma consulta, ordenar qual será exibida primeiro

Depois de configurar todos os campos do topo da tela, devemos cadastrar as query sql que vão retornar as consultas. Para adicionar uma nova query clique no botão “+”, caso precise excluir uma query sql, clique no botão de lixeira.

Para incluir clique no botão de Edição na coluna “opções”.

No campo módulos deve-se selecionar quais módulos que a interface deve esta vinculada para utilizar a consulta. A opção “Outro” é o mesmo que se deixasse para todas.

A instrução deve ter o retorno de pelo menos 2 campos. O primeiro campo sempre deve ser o identificador da tabela, o valor do segundo campo será utilizado nas querys para filtrar ou gravar. O terceiro será o mostrado em tela. Obrigatoriamente, deve ter o parâmetro '#VALOR_DIGITADO' comparando com os campos de id/código e nome.

Exemplo:

 SELECT TBA_ID, TBA_BAIID, TBA_DESCRI FROM TB_TIPO_BAIXA WHERE (TBA_BAIID LIKE #VALOR_DIGITADO OR TBA_DESCRI LIKE #VALOR_DIGITADO) ORDER BY TBA_DESCRI 

O campo pessoa logada utiliza o id da pessoa logada em um filtro. Exemplo: CFI_PESID da Tabela TB_CONTRATO_FIN (Contratos financeiros), para carregar as contratos financeiros da pessoa logada. Nesse caso pegará o ID da pessoa logada e aplicará no CFI_PESID. A tabela do campo utilizado deve estar na cláusula from ou em ligação.

No filtro ativo deve-se adicionar um parâmetro em um campo de alguma tabela utilizada na instrução SQL. Na imagem acima, atribuimos que o campo ATIVO da pessoa deve ser igual a 1.

No campo Filtros verticais a ignorar deve-se selecionar os Filtros verticais que não são aplicados na consulta.

Regras para as instruções SQL:
Quando a comparação for “=” somente será injetado valores numéricos e na comparação “LIKE” será injetado for alfanumérico + “%”, ou seja, texto inciado com o valor digitado.
Os primeiros campos retornados serão os campos que utilizam a consulta. Os demais campos apenas servem para montar a instrução lookup para apresentar em tela. Se desejar cadastrar uma instrução SQL diferente para módulos, todos os módulos devem partir da mesma tabela (FROM TABELA) e essas tabelas devem possuir alias em todos os módulos.
Se desejar cadastrar uma instrução SQL diferente para módulos, as tabelas devem possui os mesmos alias em todos módulos, podendo possui mais de uma junção com a mesma tabela neste caso uma das tabelas poderá possuir alias diferente.

Voltar para a página Gerador de interface
Voltar para página Consultas predefinidas

  • (edição externa)